FundoBranco
FundoBranco

Pescadores de Rondônia ganham fábrica de gelo

imagem 328peq

Pescadores de Rondônia ganham fábrica de gelo

 

Uma nova fábrica de gelo começou a atender os pescadores e toda a comunidade de Ariquemes, no interior de Rondônia. Fruto de edital público lançado pelo Ministério da Pesca e Aquicultura, o equipamento entrou em operação no último dia primeiro, na Colônia Z-8, e deve garantir melhoria para a renda dos trabalhadores e para a qualidade do pescado oferecido à comunidade. A comunidade já contava com um caminhão frigorífico, oferecido pelo ministério em parceria com a Prefeitura de Ariquemes, que deve fazer agora distribuição do gelo em escamas aos pescadores e piscicultores interessados da região.

O presidente da Federação dos Pescadores e Aquicultores de Rondônia, Hélio Braga de Freitas, comemora o início das operações da fábrica de gelo. De acordo com ele, trata-se de uma grande conquista dos pescadores, que esperavam pelo equipamento desde 2009, quando o edital público foi lançado. “A fábrica de gelo era um sonho da nossa comunidade, que se realizou com a ajuda do ministro Marcelo Crivella e dos senadores Alcir Gurgacz e Valdir Raupp. Vai atender os pescadores e os piscicultores das regiões de Alto Paraíso, Buritis, Cacaulândia, Cujubim, Itapuã do Oeste, Monte Negro, Jaru, Jorge Teixeira, Theobroma e muitos outros”, garantiu.

Para o ministro Marcelo Crivella, a entrega da fábrica de gelo faz parte do esforço do governo para melhorar as condições de produção e a oferta de pescado no País. “O gelo é o principal insumo da pesca e a fábrica de gelo melhora em muito as condições de trabalho dos pescadores, permitindo que o peixe chegue com mais qualidade às feiras e supermercados e melhorando a renda de quem pesca ou cultiva o pescado”, argumentou.

A expectativa agora é pela melhoria das condições de vida das famílias dos pescadores e piscicultores da região, que também estão tendo acesso ao Plano Safra da Pesca e Aquicultura. Segundo Freitas, todas as colônias de pescadores do Estado estão aptas a oferecer aos interessados a declaração de aptidão, que permite aos pescadores e aquicultores o acesso aos recursos do programa de crédito. O governo federal está disponibilizando R$ 4,1 bilhões para aquicultores e pescadores de todo o Brasil adquirirem equipamentos e custearem a produção. (As condições de acesso ao programa podem ser conferidas no site www.mpa.gov.br/safra)

Menu Principal